O curso

A formação de professores de ciências exatas de alto nível para o ensino médio e fundamental é uma necessidade estratégica para a qualificação da educação básica no Brasil. Alguns dos melhores profissionais dessa área saem do curso de Licenciatura em Ciências Exatas oferecido em conjunto pelo Instituto de Física de São Carlos (IFSC), Instituto de Química de São Carlos (IQSC) e Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC).

O curso acontece em período noturno e, diferente dos programas de bacharelado, tem em seu currículo diversas disciplinas de conteúdo pedagógico. O quadro docente abriga professores com formação e pós-graduação em áreas ligadas à educação. O curso de licenciatura também se diferencia dos programas de graduação em pedagogia, pois não forma alfabetizadores e sim professores de áreas específicas.

Os alunos do curso podem optar pela habilitação em Física, Matemática e Química, que correspondem a disciplinas do ensino médio, além de receberem conhecimentos em biologia, para a habilitação na disciplina de Ciências do ensino fundamental. Com isso, é oferecida uma formação integral e fortemente interdisciplinar em torno das ciências exatas e da natureza, o que amplia as possibilidades de atuação do futuro professor.

Até 1993, os institutos de Física, Química e Matemática do campus da USP em São Carlos mantinham programas separados de licenciatura, em período diurno e integral. Ao unir esses programas em um curso único, interunidades, foi possível criar um pólo de ensino especializado na área, com grade curricular, instalações, práticas didáticas e corpo docente mais especificamente voltados à formação de professores. Onze turmas já foram formadas nesse programa.

De acordo com a professora Nelma Bossolan, a vocação para a docência, o interesse pela educação e a aptidão por temas de ciências exatas e naturais são as principais características dos jovens que buscam o curso. “Alguns alunos já possuem formação em uma área científica e buscam o curso para poderem atuar na rede de ensino, geralmente atraídos após um primeiro contato com a área de educação”, diz.